Como vender produtos parados no estoque

Como Vender Produtos Parados No Estoque: Dicas Que Valem Para Todos Os Negócios

Todo empresário ou empresária, varejista ou atacadista, já passou pelo dilema de ter produtos parados no estoque e não saber o que fazer para vendê-los, mas hoje nós vamos te ajudar a pensar em caminhos que podem ser seguidos para vender seu estoque parado.

Neste post, apresentaremos:

  • Dados essenciais ao controle de estoque da sua empresa;
  • Dicas para que empresas de vários segmentos vendam os produtos encalhados no estoque;
  • A importância da gestão do conhecimento para a comunicação com o cliente.

Em primeiro lugar, saiba que você não está sozinho. Fazer uma boa gestão de estoque é um trabalho complexo e que exige muita expertise. Mesmo com pesquisas, planejamento e estratégias bem definidas, é preciso lembrar que, atualmente, o comportamento do consumidor está em constante mudança.

Além disso, novos produtos surgem todos os dias e podem interferir nas escolhas de quais produtos comprar. Também se deve pensar em fatores externos e urgentes que podem redirecionar a demanda. Há momentos em que os produtos em estoque podem faltar (o que pode significar que as vendas estão em alta), mas também podem sobrar (o que não é interessante).

O segundo ponto que se deve ter atenção é acerca da necessidade de constante controle do estoque. Pode parecer óbvio, mas não custa lembrar que é fundamental que a empresa saiba:

  • O produto que tem disponível no estoque;
  • As características desses produtos;
  • A data de compra, o lote e validade dos produtos.

Sabendo dessas informações, é possível pensar nas estratégias para vender os produtos em estoque, definindo o que deve ser vendido primeiro e o que ainda pode esperar um pouco. Realizada essa gestão do conhecimento, vamos às estratégias:

1 Reavalie a apresentação do produto ao consumidor

Se você possui uma loja física, avalie se os clientes estão tendo real acesso aos produtos que precisam ser vendidos. Acomodá-los em um local de maior fluxo e visibilidade e intensificar a comunicação visual pode funcionar. 

Se tiver um e-commerce, amplie a visibilidade do produto no site, com um banner de destaque, por exemplo. Além disso, considere mudar a descrição ou mesmo as fotos do produto, tornando-o mais atrativo. E não esqueça de colocar todas as informações corretamente.

Passo a passo de como vender pela internet

2 Faça promoções

Talvez a realização de promoções seja a fórmula mais antiga para vender mais, mas ela ainda funciona bem. É possível empregá-las de diferentes formas, como: “compre três, pague dois”, “50% de desconto na segunda unidade”, “produto com 50% de desconto”, “promoção relâmpago”, “kits promocionais” etc.

Em caso de negócios e produtos digitais, a realização de promoções pode ser atrelada a ações de captação de leads. Com o contato do cliente no banco de dados, é possível realizar comunicações posteriores com ofertas “exclusivas”, oferecimento de cupons etc. Em páginas de outros produtos, uma boa opção é adicionar um espaço para sugerir os “produtos encalhados”, potencializando as chances de o consumidor fazer uma compra combinada de dois produtos.

3 Crie eventos ou espaços “especiais”

Dia dos Namorados e Black Friday são exemplos de “datas comemorativas comerciais” em que muitas empresas realizam ações promocionais. Porém, se sua empresa tem um bom controle de estoque, pode criar o próprio evento de vendas e fazer o estoque parado ser vendido de vez. O aniversário do supermercado Guanabara, no Rio de Janeiro, por exemplo, promove um grande aumento de vendas na rede, atraindo o público principalmente pelas ofertas. Os clientes vão ao ponto de venda por uma oferta em específico, mas acabam comprando outros produtos.

No site do e-commerce, se esse for seu caso, você pode criar uma seção OUTLET ou OFERTAS para acomodar os principais produtos que precisam ser vendidos no curto prazo. Tendo uma boa ferramenta de CRM (Customer Relationship Management), você ainda pode enviar um e-mail marketing para os clientes potencialmente interessados nos produtos.

MAS ATENÇÃO: para as duas últimas dicas, é fundamental o estabelecimento de preços que não leve a prejuízos para a empresa ou que eles sejam reduzidos ao máximo.

Conte com a consultoria de precificação da Inova para potencializar os lucros de seu negócio e diminuir os prejuízos até na hora de vender produtos parados no estoque. Fale com a gente!

Dica bônus: Conheça seu cliente!

“Comunicação é a alma do negócio”, mas para comunicar bem, é preciso conhecer a audiência. Por isso, busque entender o que motiva seu cliente a escolher sua marca e os produtos oferecidos por ela. Ao entender as expectativas dos consumidores, você poderá montar seu estoque com produtos que efetivamente serão vendidos, além de planejar ações que impactem o público corretamente e gere negócios (e lucros!).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *